Receba nossa newsletter

 Instagram feed

4 tendências para o e-commerce brasileiro em 2022



EXAME

Neste ano, testemunharemos a consolidação das novas formas de comprar e vender iniciadas no contexto pandêmico.

O consumidor mudou muito nos últimos dois anos, especialmente em 2021. À princípio, a pandemia fez com que todo mundo corresse para o digital, mas não demorou para que esse local se tornasse confortável e permanente. Afinal, a digitalização dos negócios já acontecia antes, ela só se tornou mais urgente. Em 2022, vamos testemunhar a consolidação destas novas formas de comprar e vender, agora num contexto pós-pandêmico.

Portanto, agora, temos um público que mudou seu comportamento em relação às compras online. A partir disso, podemos começar a traçar as probabilidades do futuro próximo. A análise de tendências nada mais é do que a análise de comportamentos, no fim das contas. E elas podem ser comprovadas ou descartadas em momentos de grande movimentação, como a reabertura dos comércios possibilitada pelo avanço da vacinação num momento caro ao varejo brasileiro, contemplando os meses de dezembro e janeiro.

Para 2022, o e-commerce pode esperar as seguintes tendências: entregas rápidas, omnichannel, chatbot e compras antecipadas.



  • LinkedIn
  • Twitter
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube