Receba nossa newsletter

 Instagram feed

55% das franquias em shoppings não tiveram desconto

Pequenas empresas, grandes negócios



Durante a pandemia, 55% das franquias não obtiveram nenhum desconto dos shoppings nos custos imobiliários. É o que mostram os dados extraídos do Banco de Dados Imobiliários da Associação Brasileira de Franchising (ABF).


O levantamento, realizado em abril, apresenta um panorama geral dos contratos de locação de franquias em shoppings e foi realizado durante 2021 com cerca de 150 marcas de franquia associadas, que tem 350 lojas de shoppings pelo Brasil. Na amostragem, foi constatado que 44% dos shoppings cobram 13º aluguel e 55% não cobram. Além disso, apenas 1% cobra 13º e 14º aluguel.


Para 99% das franquias abordadas na pesquisa, o índice de correção predominante é o IGPM, índice geral de preços do mercado. O prazo médio de aluguel é de 54 meses para lojas e de 32 meses para quiosques.


Além disso, a pesquisa mostra que 75% dos shoppings cadastrados cobram luvas — uma taxa para preferência de um inquilino em uma locação —, 72% cobram aluguel percentual e 12% cobram fundo de promoção, um valor a ser utilizado em campanhas publicitárias.

  • LinkedIn
  • Twitter
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube