top of page

Receba nossa newsletter

 Instagram feed

A evolução do mercado de condomínios logísticos no Brasil

Da Redação


Este ano, o mercado de condomínios logísticos continuou quebrando recordes e superou a marca dos 22 milhões de m². Para demonstrar a evolução do setor, o time de pesquisa da SiiLA preparou um gráfico que mostra o crescimento do estoque deste tipo de ativo no Brasil, onde é possível visualizar o comportamento das entregas em volume e por classes (A+, A e B).


Segundo Giancarlo Nicastro, CEO da SiiLA, apesar do patamar que estamos hoje, esse mercado ainda é considerado recente no país: “Esse setor é recente no Brasil e começou a crescer com a chegada de grandes desenvolvedores de galpões aliado à necessidade das empresas em instalarem suas operações em ativos com padrões internacionais, que atendessem os requisitos de suas matrizes relativos a especificações técnicas e certificações”.


Tomando como base os últimos 10 anos, em 2012, havia 7,9 milhões de m² de condomínios logísticos no Brasil. De lá para cá, o aumento do estoque foi de 184%, com grandes entregas de ativos de alto padrão (classes A+ e A).


O ritmo de novas entregas tem se mantido aquecido nos últimos trimestres e deve continuar nos próximos períodos. Atualmente, a SiiLA monitora 4 milhões de m² com previsão de entrega até o final de 2023.


Quer saber mais sobre o mercado de condomínios logísticos e ter acesso aos dados e estatísticas completos? Conheça o Market Analytics!

  • LinkedIn
  • Twitter
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
bottom of page