Receba nossa newsletter

 Instagram feed

A mudança de perfil de ocupação dos shoppings

Da Redação


Quem é frequentador de shopping centers já deve ter notado o crescimento de espaços dedicados à serviços, conveniência e lazer tomando conta de antigas lojas. Os novos projetos de shoppings já estão sendo idealizados para entregar uma experiência mais completa, atendendo aos diferentes perfis de público que eventualmente passarão pelos seus corredores.


Com espaços de coworking a exposições de artistas de renome mundial, os shoppings estão passando por uma profunda transformação no mix de lojas, acelerada pelo reflexo do fechamento temporário das lojas físicas durante a pandemia e crescimento do e-commerce.


Somente este ano, os shoppings já receberam mostras imersivas como as de Van Gogh (Morumbi Shopping), Renoir (Pátio Paulista) e instagramáveis como a Mundo Pixar (Shopping Eldorado). Espaços para reuniões e até quadras de beach tennis estão cada vez mais comuns. Há quem conheça o Mooca Plaza Shopping, na zona leste da capital paulista, pelo espaço pet que oferece aos visitantes.



Dados divulgados recentemente pela Multiplan sinalizam essa mudança. A participação de artigos de vestuário e do lar recuaram nos últimos anos, enquanto a participação de serviços, artigos diversos e alimentação aumentaram nos empreendimentos que integram o portfólio do grupo.


Tradicionais shoppings da capital paulista estão se adaptando para diversificar o mix e serviços oferecidos aos clientes. Em outubro, noticiamos expansão do Center Norte, que prevê áreas abertas.


Quer saber mais sobre shoppings e acompanhar a performance do setor? Conheça o GROCS, a solução da SiiLA que oferece dados e análises exclusivas de shoppings centers em todo o Brasil!

  • LinkedIn
  • Twitter
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube