Receba nossa newsletter

 Instagram feed

Aliansce articula estratégia para responder Cade e emplacar conselheiros na BrMalls



O Estado de S. Paulo A petição de uma medida cautelar feita pela BrMalls junto ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) na última semana, requerendo a suspensão dos direitos políticos da sua acionista e concorrente Aliansce Sonae, não surtiu efeitos. Ao menos até agora.


A Aliansce ainda não havia sido notificada sobre o assunto até o fim da tarde de ontem, embora já esteja preparando um posicionamento para enviar ainda esta semana ao órgão antitruste, apurou o Broadcast com fontes.


Paralelamente, a companhia segue trabalhando em busca de alternativas para emplacar a fusão entre as duas companhias – o que já foi rejeitado duas vezes pelo conselho da BrMalls. A Aliansce é assessorada pelo escritório de advocacia Barbosa, Müssnich e Aragão (BMA) e pelo banco BTG Pactual.


A Aliansce está avaliando estratégias para ocupar o máximo de assentos na eleição do conselho de administração da BrMalls, que ocorrerá em assembleia no dia 29. O prazo para apresentação de uma chapa para votação via boletim à distância terminou ontem, mas a Aliansce só vai apresentar seus candidatos perto do dia da assembleia.

  • LinkedIn
  • Twitter
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube