DADOS E ANÁLISES DO MERCADO IMOBILIÁRIO COMERCIAL

As últimas notícias de escritórios, imóveis industriais e shopping centers

Receba nossa newsletter

 Instagram feed

Aliansce Sonae investe no digital para manter shoppings atraentes no pós-pandemia

Fonte: Estadão



Enquanto boa parte do comércio pelo Brasil teve as portas fechadas durante a pandemia, os shoppings se esforçam para manter a relevância junto aos lojistas e aos consumidores, mesmo com o isolamento social. O trabalho passa pela diversificação dos canais de atendimento e pela integração dos estoques físicos ao ambiente online. Esse processo começou antes da chegada da covid-19 e ganhou força nos últimos meses, mas ainda tem um longo caminho até se consolidar. Até lá, os proprietários e administradores de shoppings ainda vão quebrar a cabeça até encontrar o formato ideal. Para a Aliansce Sonae, porém, já está claro que o shopping continuará sendo um ambiente de ligação entre o cliente e os lojistas, ainda que online.


“A nossa função será a conexão entre as marcas e os clientes de forma agnóstica, em várias plataformas”, projeta o presidente da Aliansce Sonae, Rafael Sales, em entrevista. O conglomerado nasceu da fusão entre a Aliansce e a Sonae Sierra, em 2019, e possui participação em 27 shoppings. Até o fim da semana passada, nove estavam abertos, porém com restrições.


Para 2021, o grupo planeja investir R$ 380 milhões no negócio como um todo, dos quais “uma parte relevante”, diz Sales, vai para as iniciativas digitais e de integração entre todos os canais – a chamada omnicanalidade. Este é, talvez, o termo mais repetido nas teleconferências com investidores nos últimos trimestres. Na omnicanalidade, os canais de comunicação são arquitetados para funcionar de modo cooperativo, não isolados ou concorrendo entre si. É assim que os administradores querem resolver a dicotomia entre o comércio físico e eletrônico.


“Muitas vezes, vamos atender o mesmo cliente, mas em momentos diferentes da jornada. Quando ele quiser comprar no shopping, vai se deslocar até lá. E se quiser comprar online, também vamos atendê-lo”, explica o executivo.


  • LinkedIn
  • Twitter
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube