DADOS E ANÁLISES DO MERCADO IMOBILIÁRIO COMERCIAL

As últimas notícias de escritórios, imóveis industriais e shopping centers

Receba nossa newsletter

 Instagram feed

Amazon lança entrega grátis em um dia e acirra competição no e-commerce

Exame



A Amazon, gigante do varejo fundada por Jeff Bezos, anunciou nesta quarta-feira que vai oferecer a entrega em um dia sem custo para clientes do serviço prime. Até agora, o prazo mínimo de entrega gratuita era de dois dias. Para quem não assina o serviço, é possível obter a entrega em 24 horas, mediante custo. O anúncio vem em seguida às divulgações feitas por Magazine Luiza, Mercado Livre e Lojas Americanas de entrega cada vez mais rápida, chegando a ser medida não mais em dias, mas sim em horas.


No fim de julho, inclusive, a briga entre Magalu e Meli ficou tão acirrada que foi parar no Conar. De acordo com a decisão do órgão, a companhia fundada por Luiza Trajano tem o direito de intitular em suas propagandas que tem a entrega mais rápida do país.


Enquanto isso, a Amazon segue um caminho diferente. Com mais cautela do que as concorrentes -- que têm pontos físicos de distribuição espalhados pelo país --, a gigante americana preza mais pela confiança do que pela disputa imediata por rapidez. “Nosso foco é entregar a melhor conveniência para os nossos clientes. Entregamos na casa deles, porque essa é a necessidade que reconhecemos deles”, diz Mariana Roth, diretora do Amazon Prime no Brasil.


A partir deste mês, clientes em cinquenta cidades poderão contar com o benefício de entrega em um dia sem custo de frete -- entre as mais de 700 atendidas pela companhia hoje. A expansão do serviço de entrega gratuita para esses locais está ligada, principalmente, ao aumento da capacidade logística da empresa: dos nove centros de distribuição que a Amazon tem atualmente no país, quatro foram lançados em 2020. Algumas das cidades contempladas são Recife, Porto Alegre, Brasília e São Paulo.

  • LinkedIn
  • Twitter
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube