DADOS E ANÁLISES DO MERCADO IMOBILIÁRIO COMERCIAL

As últimas notícias de escritórios, imóveis industriais e shopping centers

Receba nossa newsletter

 Instagram feed

Após 1 ano em home office, empresas apostam em formato híbrido

Fonte: R7



O mundo corporativo completa neste mês um ano de implantação em larga escala do sistema de “home office”, o trabalho em casa. A migração foi forçada pelo avanço da pandemia de covid-19 e o início da quarentena, que afetou o funcionamento de escritórios. Após 12 meses de aprendizagem, várias empresas já consideram o novo modelo consolidado e vão incluí-lo em suas dinâmicas de trabalho.


Os escritórios estão sendo adaptados para terem menos atividades rotineiras diárias, já que a maioria das tarefas continuará sendo feita à distância, pela internet. Eles perderão parte das mesas e cadeiras e ganharão sofás, cafés e outros espaços informais, voltados à interação entre os próprios colaboradores ou com clientes.


No começo do home office, empresas e trabalhadores que ainda não estavam inseridos no teletrabalho tiveram que se adaptar a tarefas básicas, como reuniões online. Um ano depois, as possibilidades se ampliaram, e atividades como treinamentos, palestras e integração de novos funcionários passaram a ser feitas à distância.


“Até happy hour virtual estamos fazendo”, afirma Marcelo Abrantes, CEO do Chama, startup que conecta revendedores de botijão de gás a consumidores. Ele conta que a flexibilidade do trabalho à distância permitiu também o “anywhere office”, ou seja, a possibilidade de o funcionário trabalhar de onde quiser. "Alguns colaboradores alugaram imóveis por um período e foram para o Nordeste”, conta.


  • LinkedIn
  • Twitter
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube