Receba nossa newsletter

 Instagram feed

Atividade econômica perde ritmo no início do segundo trimestre

Folha de S.Paulo



Em um horizonte de juros altos e inflação persistente, a atividade econômica abriu o segundo trimestre com sinais de desaceleração no Brasil.


Os indícios de perda de ritmo ganharam novo elemento nesta terça-feira (14), quando o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgou o desempenho do setor de serviços relativo a abril.


Na comparação com março, o volume do principal segmento da economia nacional avançou 0,2%. A variação veio abaixo da alta de 1,4% registrada no terceiro mês do ano.


O novo resultado também ficou aquém das estimativas do mercado financeiro. Analistas consultados pela agência Reuters projetavam elevação de 0,4% em abril.

  • LinkedIn
  • Twitter
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
INSCRIÇÕES ABERTAS.gif