Receba nossa newsletter

 Instagram feed

Bancos se preparam para regras ESG mais rígidas, incluindo divulgação de riscos climáticos

Relatório anual passa a ser obrigatório a partir de 2023. Instituições estabelecem metas de financiamento a negócios sustentáveis


O Globo




Em setembro de 2021, o Banco Central (BC) e o Conselho Monetário Nacional (CMN) publicaram um conjunto de normas para instituições financeiras em relação à agenda ESG.


Em resumo, ampliaram exigências que já existiam e reforçaram regras para divulgação de informações e mapeamento de riscos com um enfoque maior e mais detalhado para as questões climáticas.


Passou a ser pedido, por exemplo, a realização de teste de estresse climático para avaliar hipóteses de mudanças de clima e de transição para uma economia de baixo carbono. Também será obrigatória, a partir de 2023, a divulgação anual do Relatório de Riscos e Oportunidades Sociais, Ambientais e Climáticas, chamado de GRSAC.

  • LinkedIn
  • Twitter
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube