Receba nossa newsletter

 Instagram feed

Barzel Properties fala sobre aquisição do edifício Sompo e planos futuros

A redação da SiiLA conversou com executivos da Barzel a fim de entender melhor os motivos dessa movimentação


Da Redação


Na semana passada, a Barzel Properties anunciou a aquisição de 100% do edifício Sompo, localizado na rua Cubatão, bem próximo da Av. Paulista. Para entender melhor o motivo dessa aquisição, a SiiLA entrevistou Bruno Turaça, Diretor de Portfólio da Barzel, e Gustavo de Melo, responsável pela área de aquisições de imóveis corporativos da empresa.

Edifício Sompo

De acordo com os executivos, um dos principais motivos dessa aquisição, de um prédio inteiro, foi a localização do empreendimento. Sua proximidade com a avenida Paulista faz com que tenha competitividade frente aos demais prédios comerciais. A Paulista hoje, segundo os dados da plataforma Market Analytics, possui 16,7% de taxa de espaços vagos apenas (considerando os ativos classificados como A+, A e B, ou mercado geral).


Ainda segundo o monitoramento da SiiLA, na região da Paulista, que inclui toda a extensão da avenida mais as paralelas, existem mais de 90 prédios comerciais, que somam quase 850 mil m² de área de escritório.


“É uma região que a gente sempre quis ter alguma participação. Sabemos que a Paulista não é uma região simples de se encontrar ativos desse tipo disponíveis. Uma localização incrível, cercada de serviços, transportes, além de uma manutenção que só um monousuário poderia fazer. Após analisar tudo isso, tivemos que abraçar essa oportunidade”, contou Turaça.


Sobre o empreendimento


O edifício Sompo é um ativo de 27 anos, comum a área locável de aproximadamente 12.700 m² e 16 andares. Com lajes de quase 800 m², o prédio conta com ar-condicionado, sistema de gerenciamento predial e gerador para 100% das áreas comum e privativa. A Sompo Seguros ocupa a maior parte dos andares, mas o edifício tem 3 lajes disponíveis para locação.


Laje do Edifício Sompo

A Barzel já tem seus planos para o ativo, segundo Gustavo de Melo: “O plano inicial para esse ativo é um retrofit, apesar de ser um empreendimento que está em ótimo estado por dentro e por fora. Esse processo faz parte do nosso DNA e queremos tirar o melhor que o edifício pode oferecer, revitalizando a entrada do prédio, trazer mais funcionalidade nos fluxos, renovar o lobby. Estamos planejando mudanças em linha com o que fizemos no edifício Pinheiros Corporate, que deu muito certo dentro do nosso portfólio”.


Sobre os futuros planos da Barzel Properties para os próximos trimestres, a empresa afirma que segue atenta a todas as oportunidades que possam surgir no decorrer do ciclo do mercado, analisando o melhor momento para compra, manutenção ou desinvestimento de algum ativo do portfólio.


“Entendemos que é um momento favorável de compra, acreditamos nesse momento de recuperação dos escritórios. Isso está acontecendo e o mercado sente isso. Estamos posicionados procurando boas oportunidades para investimento em prédios parecidos e bem localizados como o Sompo”, completa o executivo.


A Barzel Properties oferece lajes para locação em empreendimentos comerciais em outras regiões de São Paulo, como no Berrini 500, Thera Corporate e outros. Para conhecer as disponibilidades, acesse o SiiLA SPOT.


  • LinkedIn
  • Twitter
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
INSCRIÇÕES ABERTAS.gif