DADOS E ANÁLISES DO MERCADO IMOBILIÁRIO COMERCIAL

As últimas notícias de escritórios, imóveis industriais e shopping centers

Receba nossa newsletter

 Instagram feed

BR Malls vê impacto menor da segunda onda de covid nos shoppings

Fonte: Valor Econômico



Os fechamentos temporários e restrições de funcionamento de shoppings devido à segunda onda de covid-19 no Brasil tiveram impacto sobre o primeiro trimestre de 2021, segundo os executivos da BR Malls. Mas a pressão ocorreu de forma menor do que um ano antes, no início da pandemia, e em que os empreendimentos não abriram por mais tempo.


“O primeiro trimestre do ano passado foi um choque para todo mundo e causou digitalização acelerada de todas as marcas. Em março, abril do ano passado, a maioria não sabia operar canal digital, ou não conseguiam vender por WhatsApp. Foi um trabalho que praticamente todas as marcas fizeram ao longo do ano e tem adaptabilidade muito maior e aos poucos conseguiram se adaptar ao cenário”, disse o diretor presidente da administradora de shoppings, Ruy Kameyama, em teleconferência com analistas nesta sexta-feira.


A segunda onda foi muito mais curta do que a primeira, quando os shoppings ficaram fechados por mais de três meses, acrescentou.


Ao longo dos últimos meses, a BR Malls entendeu que havia espaço para retirar os descontos de aluguéis de forma gradativa. As marcas começaram a se adaptar à realidade, segundo o diretor financeiro e de relações com investidores da empresa, Eduardo Langoni. “Os descontos ainda existem, e a tendência é que sejam gradativamente retirados”, disse.

  • LinkedIn
  • Twitter
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube