Receba nossa newsletter

 Instagram feed

Bravve visa crescer em locação de áreas de trabalho híbrido

Valor Econômico




A “proptech” BoxOffice Soluções em Mobilidade, da qual a Tecnisa tem 25% de participação, mudou de nome, para Bravve. A alteração faz parte das estratégias para que a startup se torne uma plataforma de locação de espaços de trabalho de baixo custo, em São Paulo, com previsão de crescimento do modelo híbrido de trabalho.


Na carteira de locação da Bravve, estarão imóveis que faziam parte do portfólio da BoxOffice, antes do negócio com a Tecnisa, estações de trabalho compartilhadas em desenvolvimento pela incorporadora com a marca WorkPod e espaços de terceiros conectados à plataforma.


Empresas com atuação no segmento de “coworking” também podem ser conectar. “A intenção é que a Bravve seja o Airbnb dos escritórios”, diz o presidente da Tecnisa, Joseph Nigri.A expectativa é que a plataforma atenda, principalmente, à demanda corporativa para espaços de trabalho de seus funcionários em diversas localizações. Empresas poderão contratar “passes de trabalho” para as áreas conectadas à Bravve, em sistema será semelhante ao do Gympass, o qual permite acesso a várias academias.


“O funcionário ganha qualidade de vida e se torna mais produtivo, sem abrir mão de dias no escritório da empresa. Nosso modelo permite encurtar distâncias e melhorar a mobilidade urbana”, diz o presidente da Tecnisa. A oferta de espaços começa pela capital paulista e será ampliada, posteriormente, para outros mercados, segundo o executivo.