Receba nossa newsletter

 Instagram feed

BTG Pactual revisa projeções para baixo e prevê crescimento zero para PIB do País em 2022

Estadão



Citando volatilidade típica de anos eleitorais no câmbio, inflação pressionada e perda de tração da atividade com os juros caminhando aos dois dígitos, a equipe de análises macroeconômicas do BTG Pactual digital agora prevê uma economia estagnada (crescimento zero) para o Brasil neste ano.


O banco revisou, em relatório publicado nesta segunda-feira, 3, a previsão anterior que apostava em alta de 0,4% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2022, ao mesmo tempo em que elevou, de 4,6% para 5%, a expectativa para a inflação medida pelo IPCA (inflação oficial) no ano, embora sem alterar a projeção de alta da Selic, ainda em 11,75%.


O viés da previsão ao PIB é de baixa – ou seja, há possibilidade de o prognóstico piorar. O BTG Pactual digital revisou suas previsões após indicadores recentes frustrantes da indústria, dos serviços e do comércio sugerirem que 2021 deixou uma herança estatística negativa para 2022.


O BTG Pactual digital compara o momento com o de 2014, ano marcado por inflação e juros altos, retirada de estímulos nos Estados Unidos e eleições no Brasil.


  • LinkedIn
  • Twitter
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
INSCRIÇÕES ABERTAS.gif