DADOS E ANÁLISES DO MERCADO IMOBILIÁRIO COMERCIAL

As últimas notícias de escritórios, imóveis industriais e shopping centers

C&A terá estoque gerido por robôs a partir do 2º semestre

Fonte: Valor Econômico



Novas lojas, tecnologia e automatização do centro de distribuição para e-commerce foram os focos dos investimentos da varejista C&A no primeiro trimestre. O total investido no período somou R$ 70,7 milhões, representando uma alta de 111% sobre igual período do ano passado.


Depois do investimento de R$ 27,1 milhões em novas lojas, 261,8% acima do valor investido no primeiro trimestre do ano passado, o segundo maior volume (R$ 25,5 milhões) foi destinado a iniciativas de digitalização e tecnologia, um montante 168,7% superior ao dedicado pela empresa para esta área um ano antes.“A gente continua abrindo lojas e trabalhando a modernização da cadeia de suprimentos”, disse Paulo Correa, CEO da C&A Brasil, em conferência com analistas nesta sexta-feira.


O investimento da C&A na cadeia de suprimentos foi o que mais avançou no período, somando R$ 14,3 milhões nos primeiros três meses do ano, 581,4% acima do investimento feito no primeiro trimestre de 2020.


Além de investir na expansão das vendas digitais, a C&A trabalha para finalizar a automação de seu centro de distribuição para e-commerce, localizado em Cotia (SP), no segundo trimestre. “A automatização do centro de distribuição gerou uma redução do tempo de entrega médio para 3,3 dias no primeiro trimestre, sendo 44% das entregas feitas em até dois dias no país”, disse Correa.

Receba nossa newsletter

 Instagram feed

  • LinkedIn
  • Twitter
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube

YouTube SiiLA Brasil: