Receba nossa newsletter

 Instagram feed

CEOs culpam o home office por queda nas vendas e lucros

Bloomberg Línea



A rede americana Shake Shack disse na semana passada que o ritmo de retorno aos escritórios em cidades como Nova York ficou estagnado no último trimestre, fazendo com que o crescimento das vendas da empresa ficassem atrás das previsões de Wall Street.


A Clorox, fabricante de lenços e desinfetantes e alvejantes cujas vendas dispararam durante a pandemia, disse que "baixas taxas de ocupação de escritórios" prejudicam a demanda por seus produtos comerciais de limpeza.


Nicholas Bloom, professor de economia da Universidade de Stanford que conduz uma pesquisa mensal sobre os padrões de trabalho em casa nos Estados Unidos, descobriu que as cidades americanas estão experimentando o que ele descreve como efeito "donut", em que os distritos comerciais ficam vazios enquanto os bairros residenciais ao redor da cidade ficam cheios.


Trabalhadores em escritórios na vida de Nova York, em média, pretendem reduzir seu tempo em suas mesas quase pela metade e cortar gastos anuais na cidade para até US$ 6.730, estima Bloom, contra estimados US$12.561 despendidos antes da pandemia.

  • LinkedIn
  • Twitter
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
INSCRIÇÕES ABERTAS.gif