top of page

Receba nossa newsletter

 Instagram feed

Conheça a história do complexo Cidade Matarazzo

Da Redação


O empreendimento batizado de Cidade Matarazzo está localizado no antigo espaço ocupado pelo complexo hospitalar Humberto Primo, conhecido como Hospital Matarazzo, construído em 1904, na Bela Vista, em São Paulo. O local tem muita história:


No ano de 1986, o complexo foi tombado como patrimônio histórico da cidade de São Paulo. Sete anos depois, em 1993, o complexo foi à falência e fechou suas portas para o público, ficando abandonado.


Em 1996, todo o complexo foi comprado pela Caixa de Previdência dos Funcionários do Banco do Brasil (Previ), com o intuito de construir no local um shopping center e um luxuoso hotel.


Porém, o projeto acabou não tendo continuidade, já que as construções do complexo haviam sido tombadas, o que impede a descaracterização da estrutura original do empreendimento.

Chegando em 2011, o complexo foi comprado pelo empresário francês Alexandre Allard, que é o atual proprietário.


Alexandre realizou algumas negociações e conseguiu a permissão de modificar algumas estruturas do complexo e, além disso, foi autorizado a construir novos edifícios no local.


Deixando seu antigo nome para trás, o complexo foi batizado de Cidade Matarazzo e irá receber usos e atividades diversos. Dentro do projeto, estão inclusos um hotel, um centro cultural, pontos gastronômicos e lojas. A previsão de entrega do empreendimento está entre 2023 e 2024.


Além dos itens listados acima, a Cidade Matarazzo também receberá um prédio corporativo, o Edifício Ayahuasca. Projetado para abrigar empresas e instituições que promovem práticas ESG, o edifício terá 140 mil m² de área construída. O projeto da torre de escritórios, assinado pelo arquiteto Rudy Ricciotti, prevê um boulevard e espaços para lojas.


Foto: divulgação

O complexo Cidade Matarazzo está em obras, mesmo não estando 100% finalizado, já pode ser visitado.

  • LinkedIn
  • Twitter
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
bottom of page