Receba nossa newsletter

 Instagram feed

Construção civil teme queda de investimentos em imóveis no Brasil, sob impacto da guerra na Ucrânia



Valor Econômico

A construção civil avalia os possíveis impactos da invasão da Ucrânia sobre o setor no Brasil. A Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) receia a diminuição da atividade econômica com uma possível retração nos investimentos de brasileiros em imóveis, motivada pela alta da inflação, que deve puxar os juros para cima.

Uma das principais preocupações é o aumento das commodities, como minério de ferro, alumínio, cobre e petróleo, além do possível aumento dos fretes. Na avaliação da entidade, o movimento pode elevar ainda mais os preços dos insumos utilizados na construção, que, desde meados de 2020, já pressionam os custos do setor.


Com a guerra, economistas têm elevado as projeções da inflação para o Brasil. O IPCA deve ficar na faixa de 6% ao final de 2022, mas um avanço maior não é descartado.

  • LinkedIn
  • Twitter
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
INSCRIÇÕES ABERTAS.gif