Receba nossa newsletter

 Instagram feed

Crise na logística global dá trégua, mas frete segue elevado

Problemas com falta de contêineres e atrasos de navios se atenuam no Brasil


Valor Econômico


O caos logístico desencadeado pela pandemia não terminou, porém, a situação tem dado sinais de melhora. Embora os fretes sigam em um patamar elevado, problemas como a falta de contêineres e atrasos nas escalas dos navios se atenuaram nas últimas semanas na costa brasileira - mesmo em meio à temporada de pico do comércio global.


Na exportação, os fretes mais elevados hoje estão nas rotas para os Estados Unidos. Em julho, os preços médios para a Costa Leste chegaram a US$ 10.600 por contêiner de 40 pés.

  • LinkedIn
  • Twitter
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
INSCRIÇÕES ABERTAS.gif