DADOS E ANÁLISES DO MERCADO IMOBILIÁRIO COMERCIAL

As últimas notícias de escritórios, imóveis industriais e shopping centers

Cury apresenta primeiro residencial do Porto Maravilha com 1,2 mil unidades

Fonte: Valor Econômico



A Cury Construtora vai lançar, no sábado, o primeiro empreendimento residencial do Porto Maravilha, no Rio de Janeiro. Com Valor Geral de Vendas (VGV) de R$ 300 milhões e 1.224 unidades, o projeto destina-se a famílias com renda mensal de R$ 6 mil a R$ 11 mil. Os investimentos da Cury na compra do terreno e de Certificados de Potencial Adicional de Construção (Cepacs) somaram R$ 48 milhões, segundo o vice-presidente comercial, Leonardo Mesquita.


A incorporadora fechou, em janeiro, a aquisição da área de 14.348 m2, em frente à Praça Marechal Hermes, onde o projeto será erguido. O terreno e os Cepacs pertenciam ao Fundo de Investimentos Imobiliários Porto Maravilha (FIIPM), gerido pela Caixa Econômica Federal. Esta foi a primeira venda de Cepacs do FIIPM realizada em seis anos.


A área se localiza nas proximidades da Prefeitura do Rio de Janeiro e da Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto do Rio de Janeiro (Cdurp). “Não existe lugar mais adequado para desenvolver um projeto residencial no Porto Maravilha. O empreendimento terá VLT [veículo leve sobre trilhos] na porta”, conta o vice-presidente da Cury.


A incorporadora está de olho em outras áreas do Porto Maravilha. O FIIPM detém a maior parte dos terrenos e Cepacs do local, mas há também outros proprietários como a Cdurp e investidores. Segundo Gustavo Guerrante, presidente da Cdurp, há mais quatro incorporadoras interessadas em desenvolver projetos residenciais na região. No radar, estão empreendimentos dos padrões médio e médio-alto. Guerrante diz esperar que, pelo menos, três delas levem os planos adiante e que mais um lançamento seja feito neste ano.

Receba nossa newsletter

 Instagram feed

  • LinkedIn
  • Twitter
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube

YouTube SiiLA Brasil: