Receba nossa newsletter

 Instagram feed

Entre ruídos de 2022, Lucio prevê lançar R$ 1,5 bilhão

Valor Econômico



A incorporadora Lucio planeja mais do que dobrar o valor de lançamentos no próximo ano em relação a 2021. Ela tem projetos residenciais para lançar Valor Geral de Vendas (VGV) total superior a R$ 1,5 bilhão.


“Teremos um ano eleitoral, com mais incertezas e ruídos. Estamos olhando o mercado com cautela e vamos dar um passo de cada vez. Se necessário, reduziremos o ritmo de lançamento e esperaremos as coisas clarearem. Mas não tiramos o pé do acelerador”, conta o presidente, Lucio Junior.


Parte do que estava previsto, inicialmente, para este ano, ficou para 2022 devido aos prazos mais longos do que se esperava para a obtenção de licenças. A Lucio possui 50% dos projetos residenciais que incorpora - todos na cidade de São Paulo.


Os prazos mais longos para licenciamento afetaram também o cronograma de escritórios corporativos, outro segmento de atuação da Lucio. Inicialmente, a incorporadora previa começar o desenvolvimento de três projetos de grandes lajes comerciais, neste ano, mas precisou postergar o início das obras para 2022. Os prédios fazem parte da safra de seis empreendimentos corporativos. Todos terão início de desenvolvimento no próximo ano e entrega de 30 a 36 meses.


“Continuamos a acreditar na escassez de produtos de qualidade bem localizados. Na Faria Lima, os empreendimentos se mostraram super resilientes na pandemia de covid-19”, diz o presidente da Lucio. Segundo ele, a empresa tem terrenos na região e já começou a ser procurada para conversas preliminares por potenciais interessados, dos setores de tecnologia, saúde e educação, na ocupação futura de áreas dos edifícios corporativos a serem desenvolvidos.


  • LinkedIn
  • Twitter
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube