DADOS E ANÁLISES DO MERCADO IMOBILIÁRIO COMERCIAL

As últimas notícias de escritórios, imóveis industriais e shopping centers

Receba nossa newsletter

 Instagram feed

Escritórios viram locais de cocriação e colaboração

Fonte: Valor Econômico




Desde outubro do ano passado, a alta liderança da Heineken vem discutindo de forma mais decisiva o futuro de seus escritórios no país. Pesquisas internas, que mediram o desejo dos funcionários brasileiros de retornar ao presencial, indicaram que “ninguém queria para sempre o trabalho remoto, mas ninguém queria voltar todos os dias”. Em busca do meio termo, a empresa está “repaginando” espaços administrativos em São Paulo para montar “hubs de acomodação”.

No novo modelo, a sede, na Vila Olímpia, o centro de serviços compartilhados em Itu (SP) e os centros de distribuição no bairro do Sacomã e na cidade de Sumaré (SP) tornam-se “hubs”. O layout dos espaços será revisto e os 1,3 mil funcionários do corporativo e do centro de Itu poderão escolher onde dar expediente presencialmente quando desejarem, podendo frequentar os espaços até duas vezes por semana. “Quando o retorno for seguro, as pessoas vão ter espaço para se encontrar, fazer reuniões, celebrar e conhecer colegas, mas o escritório não vai ser mais o lugar para performar suas atividades rotineiras”, diz Raquel Zagui, vice-presidente de recursos humanos da Heineken.

A transformação de escritórios em “hubs” capazes de receber apenas parte do total de funcionários da empresa e desenhados para estimular a colaboração e a cocriação também é um movimento visto na Vale e na SAP.“

A gente tinha essa ideia de que não poderia voltar da mesma forma”, diz Josilda Saad, gerente executiva e líder do Jornada Vale, programa que surgiu para redefinir o uso dos escritórios em todos os países onde a empresa atua. Agora, os espaços terão estruturas flexíveis que devem funcionar como centro de conhecimento. “Queremos que o ‘hub’ fomente o compartilhamento de ideias e seja um local de cocriação junto a parceiros”, diz Josilda. Já o trabalho mais rotineiro, do dia a dia, ficará concentrado na modalidade remota. Ainda assim, espaços com mesas não fixas de trabalho serão mantidos, em menor número, para aqueles que precisarem ou preferirem trabalhar presencialmente.


  • LinkedIn
  • Twitter
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube