Receba nossa newsletter

 Instagram feed

FIIs logísticos devem perder força com reabertura?

E-Investidor



Destaques entre os ativos buscados pelos investidores durante a pandemia por conta do movimento de alta do e-commerce, os Fundos Imobiliários (FIIs) de logística ainda figuram entre fundos relevantes nas carteiras dos investidores. Mesmo com a alta da taxa básica de juros impactando negativamente o setor, investidores ainda podem encontrar oportunidades atrativas.


Embora os ativos tenham registrado crescimento bastante expressivo durante a pandemia, a demanda por áreas para locação em galpões segue aquecida, com maior procura por imóveis construídos sob medida (“build to suit”) próximos a grandes centros, como afirma a Ágora Investimentos em relatório mensal do segmento.


De acordo com levantamento da SiiLA, consultoria especializada no setor imobiliário, o ano deve encerrar com cerca de três milhões de metros quadrados em condomínios logísticos, o que representa uma movimentação de mais de R$ 720 milhões de aluguel anuais. A expectativa é que esse número aumente, principalmente por serem observadas baixas taxas de vacância e forte rotatividade.


Para analistas ouvidos pela reportagem a avaliação é que essa classe deve continuar crescendo, entretanto, sem a aceleração que teve desde o início da pandemia até o início deste ano. No período, o IFIX, principal índice da classe, chegou a subir mais de 25%. Já no acumulado do ano, o índice cai 4,86%. Depois de fechar agosto e setembro com quedas de 2,63% e 1,24%, respectivamente, o mês de outubro registra leve alta de 0,43%.

  • LinkedIn
  • Twitter
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube