DADOS E ANÁLISES DO MERCADO IMOBILIÁRIO COMERCIAL

As últimas notícias de escritórios, imóveis industriais e shopping centers

Receba nossa newsletter

 Instagram feed

Funcionários de empresas do Vale do Silício começam a voltar para os escritórios

Fonte: CNN



Depois de anos construindo grandes escritórios modernos e uma cultura de trabalho que se espalhou até pelas indústrias, o Vale do Silício foi um dos primeiros a fechar esses locais e ficar totalmente remoto quando a pandemia do novo coronavírus começou.


Agora, muitas das maiores empresas do setor de tecnologia estão lentamente fazendo planos para trazer os funcionários de volta, oferecendo um roteiro de regresso para ver como o trabalho no escritório vai ficar neste segundo ano da pandemia.


Na última segunda-feira (29), a Uber abriu as portas de sua nova filial, na Baía de São Francisco, que terminou de construir durante a crise sanitária. Inicialmente, o escritório inaugurou com 20% da capacidade, com retorno voluntário dos empregados.


De acordo com o porta-voz da empresa, Lois Van Der Laan, cerca de 100 pessoas passaram pelo local entre segunda e terça-feira. Atualmente, a Uber conta com 3,5 mil colaboradores na localidade e todos eles podem continuar trabalhando remotamente até, pelo menos, 13 de setembro.


Para permitir um retorno seguro e com controle de ocupação do escritório, a empresa de transportes criou uma espécie de cartão de embarque que os funcionários podem obter online. Para emitir o documento, eles passam por uma triagem diária de saúde, feita ainda em casa, e por um treinamento que detalha as precauções contra a Covid-19.


O Facebook também já planeja permitir a volta de alguns trabalhadores aos escritórios do Vale do Silício, ainda nas próximas semanas. A rede social deve reabrir os espaços com 10% da capacidade a partir de maio, como informou a porta-voz Chloe Meyere ao CNN Business.


  • LinkedIn
  • Twitter
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube