DADOS E ANÁLISES DO MERCADO IMOBILIÁRIO COMERCIAL

As últimas notícias de escritórios, imóveis industriais e shopping centers

Receba nossa newsletter

 Instagram feed

Fundo VBI Prime Properties adquire 20% da Torre B do Complexo JK por R$ 185 milhões

FII da VBI Real Estate amplia portfólio com icônico empreendimento multiuso de São Paulo



O VBI Prime Properties (PVBI11) anunciou a intenção de compra de 20% da Torre B do Complexo JK, um icônico empreendimento multiuso da cidade de São Paulo, por R$ 30.150/m², em uma transação de R$ 185 milhões.


O FII de edifícios corporativos é gerido pela VBI Real Estate, gestora de fundos 100% focada no setor imobiliário brasileiro. O anúncio foi realizado na última terça-feira, 30 de junho, em fato relevante divulgado pelo BTG Pactual, que é administradora do fundo. A BR Properties, que vendeu parte do ativo, segue controlando 80% do empreendimento.


“Esta é uma aquisição bastante emblemática, e que reflete muito bem a estratégia do fundo do PVBI11”, disse Rodrigo Abbud, sócio fundador da VBI Real Estate, em entrevista para a redação da SiiLA Brasil.


Segundo o executivo, os principais fatores que influenciaram a decisão foram a qualidade do ativo (sendo um empreendimento classe A+), localização, ocupação, especificações técnicas e o preço. “Estamos adquirindo parcialmente o melhor complexo multiuso de São Paulo pelo preço de reposição”, declarou.


“Para nós, localização, qualidade e governança são fundamentais e esses pilares atraem o perfil da ocupação, que é composto por inquilinos que estão menos suscetíveis à volatilidade do cenário macroeconômico”, acrescentou Abbud.


De acordo com dados e análises da plataforma de pesquisa do mercado imobiliário comercial SiiLA Brasil, a Torre B do Complexo JK encontra-se 100% locada, tendo como inquilinos empresas como Johnson & Johnson, Body Tech e Regus Brasil.


Localizada na Avenida Presidente Juscelino Kubitschek, nº 2041, a Torre B foi construída pela WTorre, seguindo padrões elevados de sustentabilidade e especificações técnicas padrão imobiliário A+ e premissas que conferem ao empreendimento a certificação internacional LEED Gold. A Torre B é totalmente integrada ao Shopping JK, Teatro Santander a e as demais torres do complexo.


Falando sobre o futuro do trabalho e tendências, Abbud acredita que os ambientes de trabalho continuarão sendo relevantes para as empresas: “O trabalho híbrido já é uma realidade. O que vamos ter é uma mudança em relação ao uso dos espaços corporativos. O escritório físico sempre teve e continuará tendo seu papel na cultura das empresas”.


“Na minha visão, uma vez acelerado o processo de vacinação e o retorno de ocupação híbrido, irão faltar escritórios. Se hoje temos as regiões da Faria Lima e Itaim com taxas de vacância baixas, em torno de 10%, mesmo em um momento de maior instabilidade do mercado, significa que irão faltar escritórios na retomada”, conclui o executivo.


Com esse movimento de mercado, o PVBI11 contabiliza sua quarta aquisição desde o IPO realizado pelo fundo em junho de 2020, captando R$ 970 milhões em plena pandemia. A carteira de ativos já era composta pelos empreendimentos FL4440, na Faria Lima, Parque Tower, no Jardins e pelo ativo ainda em construção, Union Faria Lima, no Itaim Bibi. Segundo dados da SiiLA Brasil, tanto o FL4440 quando o Parque Tower estão 100% ocupados.


____________________________________________________________________________________________



Quer buscar um espaço dentro deste empreendimento? Encontre em SiiLA SPOT:


  • LinkedIn
  • Twitter
  • Facebook
  • Instagram