Receba nossa newsletter

 Instagram feed

G2L, a aposta da Gerdau no negócio de logística

Valor Econômico



Um dos braços de negócios da Gerdau Next, a G2L, uma plataforma de atuação em logística, tem planos de se posicionar como uma das grandes operadoras desse setor. Criada de um departamento interno da Gerdau, ganhou vida própria em 2018 e tornou-se uma empresa, com sede em Barueri, na Grande São Paulo.


Futura divisão de negócios do grupo siderúrgico gaúcho, a Gerdau Next reúne as atividades fora da produção de aço. No portfólio estão logística, fundações de obras civis, construção modular em perfis metálicos, grafeno e comércio online de materiais de construção.


A G2L tem a própria frota, mas grande parte (cerca de 90%) da sua operação conta com transportadores autônomos. Além do aço fabricado pela Gerdau, a empresa transporta várias outras cargas - vai de papel e celulose, materiais de construção, agrícolas, bens para redes de varejo a itens refrigerados. Até setembro, a G2L transportou 3 milhões de toneladas, com avaliação total de R$ 8 bilhões.


“Nossa previsão é crescer 35% neste no ano em relação a 2020”, informa Marlos Tavares, que chegou à empresa em agosto para assumir o comando. O executivo, também gaúcho, tem mais de 20 anos de experiência no setor de logística e portuário, tendo passado por grupos como Maersk, Libra, Santos Brasil e Tegma. “Costumo dizer que minha carreira foi feita do mar para a terra."

  • LinkedIn
  • Twitter
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube