DADOS E ANÁLISES DO MERCADO IMOBILIÁRIO COMERCIAL

As últimas notícias de escritórios, imóveis industriais e shopping centers

Receba nossa newsletter

 Instagram feed

Gazit faz sua primeira captação no Brasil

Fonte: Valor Econômico



A operadora de shoppings Gazit do Brasil fez a sua primeira captação de recursos no mercado doméstico por meio de um certificado de recebíveis imobiliários (CRI) de R$ 650 milhões. A empresa é subsidiária da israelense Gazit Globe e atua no país desde 2008.


“Construímos os investimentos no Brasil com capital próprio. Agora chegou o momento de uma maior aproximação com o mercado”, afirma Mia Stark, presidente da Gazit do Brasil. Até a emissão do CRI, a empresa não possuía dívidas. Os recursos captados irão para “investimentos em geral”.


O CRI foi estruturado de uma forma inovadora. O devedor da operação, aquele receberá os recursos, não é uma empresa, mas um fundo imobiliário que tem a própria Gazit como única cotista. O fundo, há cinco anos, reúne shoppings da empresa, com foco nas classes B e C: Internacional (80%), Light, Prado Boulevard, Morumbi Town e Mais Shopping.


Esse é o primeiro CRI corporativo feito numa estrutura de fundo. A emissão não tem como garantia um ativo específico, afirma Daniel Vaz, responsável pela área de mercado de dívida local do BTG Pactual, que coordenou a operação. Por questões regulatórias, um fundo não pode fornecer um ativo real que já está dentro dele como garantia. O CRI tem prazo longo, 16 anos, com duration (prazo médio de 9,7 anos) e é remunerado a IPCA +5,89% ao ano. O papel embala recebíveis de aluguéis de lojistas.

  • LinkedIn
  • Twitter
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube