Receba nossa newsletter

 Instagram feed

Gorila planeja aportes em 10 escritórios e começa com investimento na Vita



Valor Econômico


A consolidadora de carteiras Gorila, que recebeu um aporte de R$ 100 milhões no mês passado, vai investir mais da metade desse valor para adquirir uma fatia minoritária no family office Vita Investimentos. O valor exato não foi revelado, mas esse é a primeira de uma série de dez operações do tipo que a Gorila pretende fazer neste ano, ampliando o foco de atuação e buscando sinergias, já que sua área B2B já fornece ferramentas para dezenas de escritórios de investimentos.

“Sabemos que não é comum uma fintech investir em escritórios de investimentos, mas queremos ajudar a remodelar o mercado para adaptá-lo a esse novo momento, oferecendo capital, governança, tecnologia, conhecimento de canais digitais e melhores práticas. Já temos algumas oportunidades mapeadas, mas a Vita é nossa primeira parceira”, diz Guilherme Assis, CEO da Gorila. “Nossa missão é empoderar esses escritórios para que eles consigam ganhar escala, até mesmo em função das mudanças que virão com o open banking.”


No mês passado, a Gorila fechou um acordo para comprar a Fluxonaut, terminal de notícias com cotações em tempo real, informações sobre o mercado financeiro, além de outras funcionalidades. Fundada em 2015, a Fluxonaut construiu, com tecnologia proprietária, sistemas escaláveis e de baixo custo para indexar e transmitir em tempo real notícias, mensagens, notificações e cotações de ativos financeiros. Os principais clientes da empresa são escritórios de investimento e gestoras. O valor da transação não foi revelado.


Com a expansão das plataformas de investimento nos últimos anos, o mercado de consolidadoras de carteiras também está agitado. A XP comprou a Flipper e o BTG Pactual adquiriu a Kinvo. Segundo Assis, o objetivo da Gorila não é competir com esses conglomerados, mas se manter como empresa independente. “Queremos sempre colocar o usuário e os escritórios no centro da experiência, para que possam de fato escolher a melhor instituição, o melhor serviço”.

  • LinkedIn
  • Twitter
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube