Receba nossa newsletter

 Instagram feed

Iguatemi reverte lucro e tem prejuízo de R$ 58,7 milhões no 3º trimestre

Valor Econômico



A empresa de shoppings Iguatemi registrou prejuízo de R$ 58,7 milhões no terceiro trimestre deste ano, revertendo o lucro de R$ 61,7 milhões registrado no mesmo período de 2020.


A companhia afirma que o resultado reflete a variação de preço da ação da Infracommerce e, excluindo esse efeito, o lucro seria de R$ 32 milhões.


A receita líquida avançou 16,6% no comparativo trimestral, para R$ 209,6 milhões. A companhia destaca que o último trimestre foi marcado “pelo forte avanço do processo de vacinação” do país e pela “queda expressiva” nos indicadores da pandemia em todo o país. Pela primeira vez, o Iguatemi passou a operar com 100% da capacidade de utilização.


As vendas totais da empresa de shoppings somaram volume bruto de R$ 3,32 bilhões, o que representa salto de 82,7% ante o mesmo período de 2020. As vendas nas mesmas áreas cresceram os mesmos 82,7% no comparativo trimestral. O Iguatemi afirma estar confiante para o último trimestre do ano, “historicamente o mais forte”.