Receba nossa newsletter

 Instagram feed

Imóveis do Extra, do GPA, que iriam para fundo imobiliário vão para fundo de Cingapura



Valor Econômico O GPA deve anunciar ao mercado que o GIC, o fundo soberano de Cingapura, será o comprador dos 17 imóveis dos hipermercados Extra que são parte de um plano de desinvestimento, como informado pelo grupo em outubro. Os imóveis seriam negociados, por R$ 1,2 bilhão, junto ao fundo imobiliário da SuccesPar Varejo, mas foi fechada, nos últimos dias, uma transação diretamente com o GIC pelo mesmo montante. O fundo de Cingapura usará um veículo já criado e ligado à Barzel Properties, empresa de investimento imobiliário controlada pelo GIC. A operação passará por comitê do GPA nesta semana e deve ser aprovada em conselho de administração e ser comunicada ao mercado entre sexta-feira e segunda-feira, dizem fontes. O SucessPar Varejo buscou estruturar uma captação para o negócio nos últimos meses, mas por conta de uma piora nas condições de mercado e perda de atratividade desses fundos com a alta dos juros, o plano acabou não avançando. Ainda há uma exigência do GPA de pagamento de 95% dos R$ 1,2 bilhão à vista, e nesse cenário, os gestores decidiram interromper a captação. Como o GIC tinha interesse na aquisição, e já mantinha conversas com a SucessPar — além de já ter capital disponível — a ideia é usar veículo da Barzel Properties para a compra e a alocação desses ativos.

  • LinkedIn
  • Twitter
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube