Receba nossa newsletter

 Instagram feed

IPCA-15, prévia da inflação, atinge 0,59% em maio

Estadão



O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo - 15 (IPCA-15), prévia da inflação oficial no Brasil, foi de 0,59% em maio. Apesar da trégua na conta de luz, as famílias gastaram mais com saúde, transportes e alimentos, elevando o resultado para o maior patamar para o mês desde 2016, quando ficou em 0,86%, segundo os dados divulgados nesta terça-feira, 24, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).


O resultado superou a previsão mediana de 0,45% dos analistas do mercado financeiro consultados pelo Estadão/Broadcast, que esperavam uma alta de 0,28% a 0,70%. A taxa acumulada em 12 meses acelerou de 12,03% em abril para 12,20% em maio, a mais elevada desde novembro de 2003.


A meta de inflação perseguida pelo Banco Central (BC) para este ano é de 3,50%, com intervalo de 2,00% a 5,00%. No ano passado, a inflação foi de 10,06%, quase o dobro do teto de tolerância de 5,25% perseguido pela autoridade monetária brasileira, que tinha como meta um IPCA de 3,75%.


No mês de maio, o fim da cobrança extra sobre as contas de luz impediu um resultado ainda maior. Por outro lado, pesaram sobre o orçamento das famílias os aumentos nos medicamentos, itens de higiene pessoal, passagens aéreas, combustíveis e alimentos.

  • LinkedIn
  • Twitter
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube