Receba nossa newsletter

 Instagram feed

Itaú adquire fatia de 11,36% na XP por cerca de R$ 8 bilhões





Valor Econômico O Itaú informou que, após obter as aprovações necessárias, adquiriu na data de hoje, pelo valor de aproximadamente R$ 8 bilhões, participação de 11,36% do capital da XP. A compra dessa fatia adicional estava prevista desde o acordo original entre as duas partes, assinado em 2017, mesmo o Banco Central tendo barrado o Itaú de adquirir o controle da corretora.


“O Itaú Unibanco esclarece que essa transação não gera alterações na governança corporativa da XP Inc. Além disso, não se espera que essa operação acarrete efeitos relevantes nos resultados da Companhia neste exercício social”, diz o banco.


O CEO do Itaú, Milton Maluhy Filho, vinha dizendo nos últimos meses que a compra era uma obrigação do banco e que, provavelmente, ocorreria no primeiro trimestre deste ano. O valor a ser pago também já estava combinado entre as partes: 19 vezes o lucro por ação de 2021. “Não há nenhuma intenção, nenhum mecanismo, do Itaú assumir o controle da XP”, afirmou ele no ano passado. Maluhy também lembrou na ocasião que a Itaúsa já disse que o investimento na XP não é considerado “core” e, assim, pode haver um desinvestimento ao longo do tempo.


Hoje, uma fatia de 11,36% na XP, em valores de mercado, equivale a US$ 1,588 bilhão, ou R$ 7,849 bilhões no câmbio desta sexta-feira.

  • LinkedIn
  • Twitter
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
INSCRIÇÕES ABERTAS.gif