Receba nossa newsletter

 Instagram feed

Itaú ganha mercado no crédito imobiliário



Valor Econômico


O crédito imobiliário foi parte importante do resultado do Itaú Unibanco no quarto trimestre. A carteira da modalidade cresceu 8,3% em relação a setembro, chegando a R$ 85,6 bilhões. A originação foi recorde, o que acabou levando o banco a fechar 2021 como o maior entre as instituições financeiras privadas na oferta de recursos, segundo a Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip). Ficou atrás só da Caixa.

Executivos do Itaú atribuem o avanço à integração da área de financiamento a pessoas jurídicas na construção de imóveis com a de crédito para pessoas físicas que buscam recursos para comprar a casa própria. Ambas atuam em parceria para gerar negócios.


Thales Ferreira Silva, diretor de crédito imobiliário e consórcios do Itaú Unibanco, afirma que o financiamento para pessoas físicas cresceu 130% em relação a 2020, totalizando R$ 45,5 bilhões, enquanto esse mercado como um todo registrou uma expansão de 75%. Como resultado, o market share do banco subiu de 21% para 28% em 2021.


Já Bruno Bianchi, diretor comercial do Itaú BBA, diz que, do lado do atacado, foram R$ 8 bilhões em concessão de financiamento à construção, o que significou avanço de 140% sobre 2020. O mercado cresceu 74% no mesmo período.

  • LinkedIn
  • Twitter
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube