DADOS E ANÁLISES DO MERCADO IMOBILIÁRIO COMERCIAL

As últimas notícias de escritórios, imóveis industriais e shopping centers

Receba nossa newsletter

 Instagram feed

São Paulo irá ganhar praça “nova-iorquina”, shopping de luxo e novos negócios

Veja São Paulo



O gaúcho Rafael Birmann, 68, agitou o mercado de escritórios de São Paulo nos anos 90 ao disseminar pela cidade os edifícios alto padrão, uma classificação para endereços comerciais superluxuosos à época. Fez arranha-céus na Faria Lima onde hoje estão negócios como o JP Morgan e o Deutsche Bank. No início dos anos 2000, endividado e enrolado com a alta do dólar, Birmann praticamente quebrou. Salvo por uma sociedade com Ricardo Baptista, filho do fundador da Aché, ele agora volta em alto estilo.


Após sete anos de obras, o empresário inaugura o B32 (acima), na esquina da Avenida Faria Lima com a Rua Leopoldo Couto de Magalhães, um dos cruzamentos mais caros do país — o terreno tinha sido a última propriedade que sobrou para Birmann após ele pagar os credores. O novo conjunto é formado por um prédio comercial de altíssimo padrão (o Facebook está de mudança para lá), uma praça com cem mesas e 400 cadeiras móveis importadas dos Estados Unidos (vão ficar sobre o mosaico azul da foto acima), um novo restaurante asiático de Arri Coser (fundador da Fogo de Chão), chamado Dasian, cafés e um teatro com tecnologias inéditas na cidade.


Ah, sim: e uma baleia metálica de 20 metros de comprimento com uma passagem pelo interior de sua “barriga”, que promete virar ponto de referência na avenida — e, quem sabe, sucesso no Instagram. Ao todo a empreitada ocupa 14 000 metros quadrados e custou 700 milhões de reais entre a compra de terrenos adicionais e a obra — 2 milhões só para a baleia.


“A praça é inspirada no Bryant Park (um parque de gestão privada em Nova York). Vai ter banheiros públicos e apresentações de artistas escolhidos pela curadoria do teatro. Também faremos projeções na fachada”, diz Birmann. “Se vão roubar as cadeiras? Não sei, mas a cultura de experimentação urbana tem de ser vivida, experimentada”, ele afirma.

  • LinkedIn
  • Twitter
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube