Receba nossa newsletter

 Instagram feed

JSL lucra R$ 33 milhões, queda de 22%


Valor Econômico


A JSL, empresa de logística do grupo Simpar, divulgou o balanço do primeiro trimestre de 2022, com lucro líquido de R$ 33 milhões, o representou margem de 2,5%, informou a companhia em comunicado. Excluindo-se os efeitos da amortização da alocação do preço das aquisições, o ganho ajustado atingiu R$ 37,2 milhões, com margem de 2,9%.


O resultado teve recuo de 22% ante o mesmo trimestre do ano passado, fruto do aumento das despesas financeiras, mas com margens operacionais maiores, afirmou. “Atuamos em dois vetores para neutralizar os efeitos da alta dos insumos: negociações com nossos clientes e eficiência na redução dos custos operacionais”, disse Ramon Alcaraz, CEO da JSL.


De janeiro a março, a empresa registrou crescimento de 47% na receita bruta na mesma base de comparação, somando R$ 1,5 bilhão. Se anualizado, indica em torno de R$ 6,2 bilhões de faturamento. A receita líquida de serviços ficou em R$ 1,3 bilhão, com alta de mais de 49% ante o mesmo trimestral. “A evolução dos indicadores desde o IPO mostra o acerto da nossa estratégia”, afirma Alcaraz.


A JSL informa que fechou o trimestre com R$ 700 milhões em novas receitas contratadas, com prazo médio de 40 meses. Os setores que mais contribuíram foram papel e celulose (30%), alimentos e bebidas (26%) e siderurgia e mineração (12%), destacando-se operações dedicadas (52%) e transporte de cargas (34%).

  • LinkedIn
  • Twitter
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
INSCRIÇÕES ABERTAS.gif