Receba nossa newsletter

 Instagram feed

Lucro da Amazon mostra resiliência



Valor Econômico

O lucro da Amazon.com quase dobrou no período crítico de festas de fim de ano, resultado de controle de custos de mão de obra, bom gerenciamento dos problemas de suprimentos e ganhos em seus negócios de computação em nuvem e publicidade.


Mas a maior parte do lucro veio do investimento na fabricante de veículos elétricos Rivian Automotive, que fez uma oferta pública inicial de ações (IPO) em novembro do ano passado e rendeu quase US$ 12 bilhões à Amazon.


A gigante de tecnologia e comércio eletrônico registrou US$ 137,4 bilhões em receita trimestral, acima dos US$ 125,6 bilhões no mesmo período do ano passado. O lucro líquido subiu para US$ 14,3 bilhões, de US$ 7,2 bilhões um ano atrás. Os resultados financeiros foram uma surpresa para alguns analistas, que esperavam números mais moderados, já que a Amazon lidava com custos crescentes em várias frentes.


As ações da Amazon subiram mais de 14% nas negociações após o fechamento regular do mercado em Nova York, nesta quinta-feira (3). A empresa sinalizou uma perspectiva mais positiva do que nos trimestres anteriores, embora o crescimento tenha desacelerado. A empresa disse que espera que o lucro operacional fique entre US$ 3 bilhões e US$ 6 bilhões no trimestre atual, em comparação com US$ 8,9 bilhões durante o primeiro trimestre de 2021. O lucro por ação foi mais de sete vezes a média de US$ 3,63 por ação esperada por analistas consultados pela FactSet.

  • LinkedIn
  • Twitter
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
INSCRIÇÕES ABERTAS.gif