Receba nossa newsletter

 Instagram feed

Mercado Livre vai brigar com Magalu e Via em linha branca

O Estado de S. Paulo



Às vésperas da Black Friday, o Mercado Livre está inaugurando seu primeiro centro de distribuição só para itens de grande porte. Localizado em Franco da Rocha, na Grande São Paulo, o espaço abrigará apenas produtos de linha branca (como geladeiras, fogões, fornos e máquinas de lavar) e televisores acima de 50 polegadas. Com a iniciativa, o Mercado Livre parte para cima de algumas de suas principais rivais, como Magazine Luiza e Via, que são os mais tradicionais vendedores desse tipo de mercadoria, em uma das datas mais importantes para o comércio.


Como trunfo, o Mercado Livre espera derrubar o prazo das entregas de 3 a 10 dias para apenas 1 dia, na região em torno da capital paulista. Oferece ainda a possibilidade de agendamento do horário de recebimento desses grandes itens.


A estratégia é tão importante que, apesar de ser conhecida por ser um marketplace, espécie de shopping virtual no qual lojistas vendem seus produtos, a plataforma comprou os bens de vários fabricantes. Faz isso com pouquíssimos itens para evitar imobilizar capital fora de sua principal atividade, que é tecnologia. Mas o caso era especial – e a exceção foi aberta.


“Até agora, nosso cliente comprava o fogão ou a geladeira diretamente do fabricante, que tem uma logística voltada para as redes de lojas que os revendem”, explica Fernando Yunes, vice-presidente sênior do Mercado Livre. “Agora, ele terá com os itens grandes a mesma experiência que encontra nos produtos pequenos e médios.”