Receba nossa newsletter

 Instagram feed

Mercado Pago e Órama vão oferecer investimentos



Valor Econômico


O Mercado Pago, carteira digital que nasceu no Mercado Livre e hoje é um enorme provedor de diversos tipos de serviços financeiros, se uniu à gestora Órama para criar uma plataforma de investimentos. O acordo comercial - não há nenhuma participação em capital envolvida - tem prazo mínimo de cinco anos e prevê exclusividade. A oferta começará para uma pequena fatia da base de 34,5 milhões de usuários na próxima semana, mas a ideia é escalar rapidamente, replicando o sucesso que o Mercado Pago teve quando lançou a opção de comprar criptomoedas, no fim do ano passado.


Conhecido por trabalhar com as classes C, D e E, o Mercado Pago diz que existia demanda dos seus clientes por produtos de investimento. A oferta começará com opções mais simples, e depois será expandida. O produto de estreia é um CDB da financeira do grupo, com aplicação a partir de R$ 1, que entrega rendimento de 150% do CDI, em uma rentabilidade promocional válida para quem fizer a aplicação no mês de maio, e limitada a R$ 5 mil. A estratégia é muito similar ao que outras plataformas de investimentos estão fazendo, como XP, Toro e Genial, que anunciam nas redes sociais CDBs com retornos de encher os olhos.


“Ainda hoje temos quase R$ 1 trilhão investidos na poupança, com um rendimento muito baixo, e isso de todas as classes sociais. Nós já temos a oferta de criptomoedas e a conta remunerada, mas nossos usuários vinham pedindo mais opções de investimento, com retornos melhores e mesmo prazos maiores”, diz Túlio Oliveira, vice-presidente sênior do Mercado Pago. “Buscamos promover uma democratização real, com investimento acessível, sem letras miúdas. Será uma experiência simples e segura”, afirma.


Habib Nascif, CEO da Órama, afirma que a parceria marca o início da jornada de uma plataforma de investimento completa e integrada. “Somos especialistas em criar soluções para que mais pessoas tenham acesso a investimentos de qualidade. Só que, além de oferecer bons produtos, temos que democratizar também os canais de distribuição. Com esse olhar, o marketplace do Mercado Pago coloca o mercado financeiro no dia a dia das pessoas”, afirma.

  • LinkedIn
  • Twitter
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
INSCRIÇÕES ABERTAS.gif