Receba nossa newsletter

 Instagram feed

Mercado volta a elevar previsão para a inflação este ano

O Estado de S.Paulo



A projeção do mercado financeiro para a inflação deste ano se distanciou ainda mais do teto da meta perseguida pelo Banco Central (BC). Os economistas elevaram a previsão para o IPCA - o índice oficial de preços - este ano pela 25.ª semana seguida, conforme o Relatório de Mercado Focus, passando de uma alta de 8,35% para 8,45%. Há um mês, estava em 7,27%. A projeção para o índice em 2022 foi de 4,10% para 4,12%, o décimo aumento consecutivo. Quatro semanas atrás, estava em 3,95%.


A projeção dos economistas para a inflação segue bem acima do teto da meta de 2021, de 5,25% - O centro da meta é de 3,75%, com margem de tolerância de 1,5 ponto para mais ou para menos. A meta de 2022 é de 3,50%, com margem também de 1,5 ponto.


Em relação ao Produto Interno Bruto (PIB), o número para este ano se manteve estável, em 5,04%. Mas as previsões para 2022 caíram mais uma vez - de 1,63% para 1,57%. Quatro semanas atrás, esse número estava em 2%.


Após a reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) de setembro, os economistas do mercado financeiro mantiveram suas projeções para a Selic (a taxa básica da economia) no fim de 2021, em 8,25%, segundo o Relatório Focus. Há um mês, estava em 7,50%. Da mesma forma, a projeção para o fim de 2022 continuou em 8,50% ao ano, ante 7,50% de um mês antes.

  • LinkedIn
  • Twitter
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube