Receba nossa newsletter

 Instagram feed

Ministério da Economia mantém otimismo cauteloso com PIB em 2022




Infomoney


BRASÍLIA (Reuters) – Com o galopante avanço da variante Ômicron do coronavírus no Brasil os prognósticos para a economia ganharam contornos mais turvos, embora o Ministério da Economia permaneça cautelosamente otimista na comparação com agentes do mercado, segundo fontes da pasta ouvidas pela Reuters.

Os cálculos internos ainda são de uma alta do Produto Interno Bruto de 2,1% este ano, na contramão das decrescentes estimativas do mercado, cuja mediana aponta hoje para um crescimento de apenas 0,29%, segundo o mais recente boletim Focus, enquanto bancos como Citi, Credit Suisse e Itaú Unibanco já projetam contração da atividade em 2022.


Segundo uma fonte da equipe econômica, que falou em condição de anonimato, o desempenho não considera uma piora da pandemia, ainda tratada com cautela.


Uma segunda fonte do time reconheceu que, à primeira vista, a variante deve afetar o crescimento, mas não há estudos internos sobre em que profundidade isso deve acontecer.

  • LinkedIn
  • Twitter
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube