DADOS E ANÁLISES DO MERCADO IMOBILIÁRIO COMERCIAL

As últimas notícias de escritórios, imóveis industriais e shopping centers

Modelo híbrido é a tendência para o escritório pós-covid

Fonte: Valor Econômico



O ritmo lento de vacinação da população brasileira contra a covid-19 prolongou dúvidas sobre o futuro dos espaços para escritórios comerciais e a vida nas grandes cidades. Mas, a opinião de especialistas e iniciativas de algumas empresas indicam que o modelo híbrido, de trabalho no escritório e em casa, em sistema de revezamento, é uma tendência que ganha cada vez mais força. Para urbanistas, porém, embora obscuro, o momento oferece aos governantes municipais a chance de revisar planos diretores e outros mecanismos capazes de reorientar a ocupação dos locais de trabalho e moradia.


O mercado imobiliário comercial está difuso em São Paulo, maior centro econômico do país. Em muitos escritórios, mesas e cadeiras vazias e computadores desligados testemunham uma história interrompida, mas que pode ser retomada a qualquer momento. Ainda que em escala bem menor, há também empresas com trabalho presencial, ao menos em algumas áreas. E algumas improvisam, à medida do possível, o revezamento entre casa e escritório.


Desde o ano passado, inquilinos com menos fôlego ou que mantêm atividades fortemente atingidas pelos efeitos da covid-19, como o turismo e profissionais liberais, devolveram espaços conforme perceberam que a pandemia não cedia. Na região da avenida Paulista e o Centro, edifícios inteiros estão desocupados.


No caso das empresas que ocupam escritórios de alto padrão, a maioria está em compasso de espera, na expectativa de que a vacinação avance. Nas multinacionais, orientações mais rígidas das matrizes recomendam cautela e trabalho em casa, por enquanto.


Para Giancarlo Nicastro, presidente da empresa de pesquisa SiiLA Brasil (Sistema de Informação Imobiliária Latino-Americana), a proporção dos dias trabalhados em casa dependerá de cada setor. Os que precisam de mais interação, segundo ele, caminham para modelo de um a dois dias de “home office”. Aumento das áreas de reuniões e de convívio e redução do número de salas individuais são vistos como tendência. Nicastro, aponta o desafio das questões trabalhistas, “que ainda não estão claras” em relação ao “home office”. Os benefícios para funcionários também tendem a mudar.


Receba nossa newsletter

 Instagram feed

  • LinkedIn
  • Twitter
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube

YouTube SiiLA Brasil:

ENTRE EM CONTATO

SOBRE SiiLA

+55 (11) 3046-9595

Rua Gomes de Carvalho,
1069, cj. 22, Vila Olímpia
São Paulo/SP
CEP: 04547-004

PRODUTOS

SiiLA LATAM

REDES SOCIAIS:

  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • YouTube
  • Instagram

2021 REIX Corp. Todos os direitos reservados