Receba nossa newsletter

 Instagram feed

MRV busca reduzir tempo de obra à metade nos EUA



Valor Econômico


Responsável por 24% das vendas da MRV&CO no primeiro trimestre do ano, a AHS, subsidiária americana que constrói apartamentos para locação, está reduzindo o tempo de obra dos seus projetos de 11 para até cinco meses e meio.


Como explica Selma Rabelo, diretora de desenvolvimento de produto e inovação, a industrialização do processo produtivo, com o máximo de etapas feitas off-site, fora do canteiro, deve permitir cortar o tempo de construção e reduzir em 40% o número de funcionários. O modelo está em uso e passa por aprimoramentos para chegar a menos de um semestre de obras.


A empresa já tinha reduzido o período de construção de 18 para 11 meses com uso do sistema construtivo de formas de parede de concreto, bastante utilizado pela MRV. Na etapa atual, a produção imobiliária se assemelha cada vez mais a uma linha de montagem automotiva. A AHS produz apartamentos de um a três quartos, e as mesmas plantas são combinadas em prédios de três a 12 andares, nas 14 cidades em que a empresa atua, na Flórida, na Geórgia e no Texas. “Todo incorporador, quando lança um projeto, quer fazer algo novo, mas isso é entrave para o off-site. Temos três tipos de apartamentos e os combinamos como se fossem peças de Lego”, diz Rabelo.


Tudo que pode ser feito fora do canteiro já chega pronto. Banheiros e cozinhas, por exemplo, são trazidos com revestimentos, armários, máquina de lavar e secar, aquecedor de água, ar-condicionado, louças e espelhos. Basta plugar os cômodos nas ligações de água, esgoto, gás e eletricidade.

  • LinkedIn
  • Twitter
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube