Receba nossa newsletter

 Instagram feed

MRV começa a preparar subsidiária americana AHS para IPO



Estadão

A MRV&Co começa a vislumbrar uma oferta de ações (IPO, na sigla em inglês) da sua subsidiária norte-americana, a AHS, após ela se transformar na “galinha dos ovos de ouro” do grupo. Não se trata de uma operação para o curto prazo, ainda mais diante das turbulências do mercado financeiro global. Mas a direção já começou a traçar um caminho para chegar lá.


A MRV&Co, do empresário Rubens Menin, avalia fazer nos próximos meses uma espécie de “pré-IPO” da AHS, isto é, uma forma de capitalizar a empresa para sustentar a aceleração do crescimento e, ao mesmo tempo, mostrar ao mercado qual o valor real da subsidiária – o que não estaria plenamente contabilizado nas ações da MRV na B3, na visão da direção.


Há muitas opções em estudo: desde tomada de dívida ou até mesmo a atração de um sócio. Foi assim, por exemplo, na antiga subsidiária Log Commercial Properties, que desenvolve galpões logísticos para o comércio eletrônico. Antes do IPO, passou por algumas rodadas de aporte de recursos pelos sócios.


Peso no lucro

A AHS respondeu por dois terços do lucro líquido da MRV&Co no quarto trimestre de 2021. Foram R$ 186,5 milhões. A empresa ergue prédios residenciais em que os apartamentos são alugados para americanos de classe média, a chamada workforce. Posteriormente, os prédios são vendidos para investidores. Com a demanda aquecida, a expectativa do grupo é que as próximas vendas aconteçam em ciclos mais curtos.

  • LinkedIn
  • Twitter
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
INSCRIÇÕES ABERTAS.gif