DADOS E ANÁLISES DO MERCADO IMOBILIÁRIO COMERCIAL

As últimas notícias de escritórios, imóveis industriais e shopping centers

Receba nossa newsletter

 Instagram feed

Novo estoque de condomínios logísticos é entregue com 80% de pré-locação no 2T21


No segundo trimestre de 2021, o Brasil ganhou 300.642 m² em novo estoque de condomínios logísticos das Classes A+, A e B. Desse montante, 80% foram entregues já pré-locados, principalmente para empresas do setor de varejo, como Magazine Luiza, Madeira Madeira e Mobly, segundo dados mais recentes da SiiLA Brasil, multinacional com atuação em dados e análises do mercado imobiliário da América Latina.


Somente na região Nordeste do país, foram entregues 37 mil m², sendo que apenas 14 mil m² ainda estão disponíveis, referente ao empreendimento GRID FSA, em Feira de Santana, na Bahia.O condomínio logístico está disponibilizando módulos a partir de 1.440 m² para locação. O anúncio está disponível em detalhes na plataforma de anúncios para locação e venda de imóveis comerciais e industriais siilaspot.com.br.


A taxa de vacância de condomínios logísticos atingiu mínima histórica, desde o início do monitoramento da SiiLA, batendo 10,48% no trimestre. Para Giancarlo Nicastro, CEO da SiiLA Brasil, a taxa que mede a relação de espaços não locados deve manter o ritmo de queda nos próximos semestres.


“Estamos observando a movimentação intensa de players na busca por condomínios logísticos para suprir a demanda para suas atividades de e-commerce, que foi intensificada pela pandemia e deve permanecer aquecida, ainda que haja a reabertura total das atividades, com o avanço da vacinação. O e-commerce é um caminho sem volta e o brasileiro não vai deixar de fazer compras online quando a pandemia acabar. Por isso, estamos prevendo a continuidade da redução da taxa de vacância, visto que não deveremos ter grandes devoluções nos próximos meses.”


No estado de São Paulo, foram entregues a expansão do Espaço Gaia Terra, em Atibaia e o Centro Logístico Cajamar – Bandeirantes. Este último encontra-se parcialmente ocupado, com a locação recente para a Mobly, e-commerce de móveis e decoração, em uma transação intermediada pela SDS Properties. Minas Gerais concentrou o maior número de áreas entregues, com 6 empreendimentos, entre novos condomínios logísticos e expansões, todos de Classes A+ e A, totalizando 139.992 m² em novos estoques.


Confira as principais entregas do período:



1) Centro Logístico Cajamar – Bandeirantes

O condomínio logístico de Classe A+ fica no Km 34 da Rodovia dos Bandeirantes, em Cajamar (SP), em uma distância de 48 km da capital. Com a expansão, entregue nesse segundo trimestre de 2021, o empreendimento totaliza área bruta locável de 122.712 m² e 12 metros de pé-direito.



2) Condomínio Pouso Alegre

Empreendimento localizado na região de Pouso Alegre, em Minas Gerais, a 393 km de Belo Horizonte. Com área bruta total locável de 17 mil m² e 12 metros de pé-direito, o imóvel é de Classe A+ e tem segurança 24 horas, cabine blindada, pátio de caminhão e 50 docas, entre outras características.



3) Condomínio FW5

O condomínio logístico Classe A com área bruta locável de 74.573 m² fica na cidade de Extrema, em Minas Gerais e no km 943 da Rodovia Fernão Dias. O empreendimento, entregue em abril de 2021, tem 12 metros de pé-direito e entre suas características, conta com cabine blindada, segurança 24 horas, 54 docas e outras especificações.



4) GRID FSA O empreendimento Classe A fica localizado na BR 324, no km 525 da Avenida Deputado Luiz Eduardo Magalhães, em Feira de Santana, na Bahia. O condomínio multi-inquilino tem área total de 95.023 m², em módulos a partir de 1.440 m², com pé-direito de 10 metros e carga de piso de 6 ton/m². Entre as características estão: estacionamento (com espaço para 200 caminhões), salas para reuniões, restaurante, portaria blindada 24 horas com vigilância, além de praças de convivência arborizadas.