Receba nossa newsletter

 Instagram feed

O 'fator Shopee' no ecommerce brasileiro

Brazil Journal



A Shopee e a Shein têm se tornado cada vez mais assertivas no mercado brasileiro de ecommerce, fazendo investidores se questionarem o quanto as duas empresas asiáticas poderão mexer no queijo das incumbentes brasileiras.


As duas empresas têm apostado em preços baixos para ganhar mercado, ainda que, particularmente no caso da Shopee, isso signifique queimar caixa. Para os analistas do BTG Pactual, ainda é cedo para dizer se os dois novos players conseguirão assumir posições de liderança no País, mas a concorrência já aumentou.


A Shopee – que já tem o app de compras mais baixado no Brasil – chegou ao País pouco antes da pandemia.


No início, apenas importava produtos e usava uma estratégia de frete grátis. Mas desde o ano passado, começou a fechar contratos com grandes vendedores locais. A empresa só começou a cobrar comissões dos sellers em fevereiro, com uma taxa de 5% que subiu para 12% em junho.

  • LinkedIn
  • Twitter
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube