Receba nossa newsletter

 Instagram feed

O que acontece com os fundos imobiliários logísticos no pós-pandemia?

O Giancarlo Nicastro, CEO da empresa, apresentou sua visão sobre este mercado em uma entrevista exclusiva ao Clube FII News.


Clube FII


O Clube FII, parceiro da SiiLA no plano de assinatura FII DATA PROFESSIONAL, convidou o CEO da empresa, Giancarlo Nicastro, para falar sua visão sobre os fundos imobiliários logísticos e o futuro desse mercado no Brasil. A entrevista, exclusiva ao Clube FII News, foi publicada no site da empresa. Confira abaixo os destaques da conversa.


Giancarlo Nicastro comentou na entrevista que o setor de logística no Brasil foi o único a não ter restrições diretas à operação durante a crise sanitária como consequência da forte demanda do e-commerce. Pelo contrário, precisou crescer e se desenvolver, o que gerou demanda em escala de empresas dentro de condomínios logísticos para qualificar as logísticas de entrega, distribuição e reversa.


“Isso representou um aumento de mais de 22% no estoque deste perfil de ativo, sendo mais de 2 milhões de metros quadrados no estado de São Paulo, mercado que possui hoje a concentração de 54% do mercado nacional em ativos das classes A+, A e B”.


No entanto, o CEO afirma que o pós-pandemia trouxe um esfriamento para esta indústria por questões inflacionárias, redução do poder de compra por parte do consumidor final, diminuição de renda da população em geral e incertezas políticas no país.


“Outro impacto para o setor decorreu dos shoppings centers, a partir do momento em que eles voltaram a funcionar. Parte dos consumidores voltou a ter o hábito de ir à loja física para a compra direta, atingindo assim uma parte das vendas do e-commerce, terceiro maior setor de ocupação e o maior tomador de áreas durante a pandemia”.

  • LinkedIn
  • Twitter
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube