DADOS E ANÁLISES DO MERCADO IMOBILIÁRIO COMERCIAL

As últimas notícias de escritórios, imóveis industriais e shopping centers

Receba nossa newsletter

 Instagram feed

Reabertura não deve provocar corrida aos escritórios britânicos

Bloomberg



Na segunda-feira, trabalhadores de colarinho branco da Inglaterra estarão livres para decidir se querem trabalhar em casa ou no escritório. Mas poucos executivos esperam uma corrida de volta às mesas há muito tempo esquecidas.


Na City of London, mesmo bancos que têm sido relativamente contundentes para um retorno generalizado ao escritório não planejam uma volta à normalidade tão cedo. Máscaras e horários alternados permanecerão em vigor no JPMorgan Chase, que mantém um limite de ocupação de 50% nos escritórios na Inglaterra.


O Bank of America espera apenas mais algumas centenas de funcionários de uma base total de 4,5 mil empregados em Londres. O Deutsche Bank está gradualmente incentivando mais funcionários a passarem mais tempo no escritório de forma voluntária.


Essa abordagem cautelosa é replicada por empresas em todo o Reino Unido diante do aumento de casos de Covid-19 e da exigência de quarentena para aqueles que tiverem contato com uma pessoa com teste positivo. Com pouca orientação do governo sobre máscaras ou níveis de ocupação, a maioria das empresas com objetivo de aumentar o trabalho presencial agora quer esperar o fim do verão europeu.

  • LinkedIn
  • Twitter
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube