Receba nossa newsletter

 Instagram feed

Restoque perde R$ 804 milhões em 2021



Estadão


Dona de marcas como Le Lis Blanc, Dudalina e John John, a Restoque encerrou o quarto trimestre de 2021 com prejuízo de R$ 661 milhões, quase o dobro das perdas do mesmo período de 2020

A Restoque, empresa de vestuário e acessórios de alto padrão, dona de marcas como Le Lis Blanc, Dudalina e John John, encerrou o quarto trimestre de 2021 com prejuízo de R$ 661 milhões, quase o dobro das perdas de R$ 347 milhões no mesmo período de 2020. No ano todo, o prejuízo foi de R$ 804,3 milhões, ante os R$ 2 bilhões negativos de 2020.


A empresa comentou que seu desempenho foi afetado pelo contexto do primeiro semestre de 2021, por conta de limitações das atividades ainda em função da pandemia. Isso atingiu tanto produtividade das lojas físicas quanto dos centros de distribuição. Parte desse impacto foi compensada pelas operações digitais, segundo a Restoque.



Dívida

A companhia também informou que fechou o ano passado com uma dívida líquida de R$ 1,5 bilhão, a maior parte com vencimento em 2025. Ontem, após dois adiamentos do pagamento de juros de uma emissão de debêntures, a Restoque teve a nota de risco rebaixada pela Fitch para a categoria “restricted default” (calote restrito).


Há dúvidas entre os analistas da agência de classificação de risco se a empresa terá geração de caixa suficiente para honrar seus compromissos financeiros. A principal credora, a WNT Gestora de Recursos, quer converter os passivos em ações da varejista.

  • LinkedIn
  • Twitter
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
INSCRIÇÕES ABERTAS.gif