Receba nossa newsletter

 Instagram feed

Santos Brasil inicia segunda etapa de expansão em SP

Valor Econômico



A Santos Brasil iniciou a segunda etapa da expansão de seu terminal de contêineres no Porto de Santos, que deverá demandar por volta de R$ 500 milhões, até 2023. Em paralelo, a companhia também se prepara para assumir os terminais de granéis líquidos em Itaqui (MA) e analisar outros leilões federais.


A ampliação em Santos é fruto do processo de renovação antecipada da concessão, firmado em 2016. Na primeira fase, que acaba de ser concluída, foi realizada a expansão do berço. A capacidade passou de 2 milhões de TEUs (medida usada para contêineres de 20 pés) para 2,4 milhões de TEUs ao ano. Também foi feito o aprofundamento do cais para 16 metros, o que permitirá o embarque dos navios de maior porte no mercado, o New Panamax.


Nesta nova etapa da ampliação, a capacidade dos berços terá um novo aumento, e passará a 2,6 milhões de TEUs ao ano, por meio da aquisição de guindastes automatizados. Além disso, será construído um novo pátio no terminal, para dar conta da nova demanda. Outra intervenção relevante será a ampliação dos ramais ferroviários de escoamento dos contêineres, para eliminar os cruzamentos com caminhões, que hoje interferem na operação.


“É importante estarmos prontos antes da necessidade. O New Panamax hoje não está vindo, devido ao problema global de falta de contêineres e navios. Mas até 2023 ele virá a Santos. Há demanda reprimida, e estaremos com a capacidade pronta para isso”, afirma Antonio Carlos Sepúlveda, presidente da Santos Brasil.

  • LinkedIn
  • Twitter
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube