DADOS E ANÁLISES DO MERCADO IMOBILIÁRIO COMERCIAL

As últimas notícias de escritórios, imóveis industriais e shopping centers

Receba nossa newsletter

 Instagram feed

Shoppings pretendem cobrar aluguel mesmo com lojas fechadas

Fonte: Estadão



Mesmo com as restrições para o funcionamento do comércio em grande parte do Brasil, as maiores redes de shoppings decidiram manter a cobrança do aluguel dos lojistas. Haverá apenas descontos pontuais, após avaliação individual de comerciantes que atuam em setores cujas vendas ainda não se recuperaram bem, como vestuário, calçados, cosméticos e acessórios.


Aliansce Sonae, BRMalls e Iguatemi, que comandam juntas mais de 60 estabelecimentos, já comunicaram a manutenção da cobrança do aluguel, mas outras redes nacionais devem seguir os mesmos passos, apurou a reportagem.


"Prevalece o espírito de parceria, com negociações feitas caso a caso para que toda a cadeia se mantenha sustentável", disse o presidente da Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce), Glauco Humai.


A postura é diferente da adotada nos primeiros meses da pandemia, quando foram concedidas descontos ou até mesmo isenções de uma forma ampla. Ao todo, o setor abriu mão de R$ 5 bilhões em aluguéis, fundos de promoção e condomínio no ano passado, segundo estimativa da Abrasce.


  • LinkedIn
  • Twitter
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube